Página Inicial > Eventos, Ruby > Rails Summit 2009: o que rolou no primeiro dia

Rails Summit 2009: o que rolou no primeiro dia

Hoje aconteceu o primeiro dia do Rails Summit Latin America 2009, o maior evento das comunidades Ruby e Ruby on Rails da América Latina.

Antes de iniciar a abertura do evento, eu e o Luciano Coelho aproveitamos para jogar algumas partidas de baseball e tênis num dos Wii que estavam disponíveis para a galera jogar. Mas vamos às palestras do dia.

Chad Fowler: Ruby on Rails Insurgency

Na primeira palestra do dia, Chad Fowler mostrou um pouco de como o Rails está alcançando desenvolvedores corporativos e sendo utilizados por empresas startups.

Chad Fowler é autor do livro The Passionate Programmer: Creating a Remarkable Career in Software Development, o qual você pode obter aqui.

O vídeo da apresentação você pode assistir aqui.

Gregg Pollack: Scaling Rails in 60 seconds

Gregg Pollack deu dicas de utilização de plugins do ActiveRecord e Rails, como o Bullet e o Rack-bug, e libraries, como o Mad Mimi, que ajudam a otimizar aplicações Ruby on Rails.

O vídeo da apresentação você pode assistir aqui e uma lista completa dos plugins você tem nesse link.

Carlos Brando: Como o Rails funciona por dentro

Em sua palestra, Carlos Brando acabou falando mais a respeito do framework Sociably, que está desenvolvendo na empresa SocialSmart.

Logo na introdução do apresentação ele perguntou à platéia quem programava em Rails. A grande maioria levantou a mão. Mas aí, ele disse: “Ninguém aqui programa em Rails, vocês programam em Ruby. Ruby on Rails não é linguagem de programação, é um framework Web desenvolvido em Ruby.”

Além disso, ele fez uma analogia com o Rails sendo igual macarrão instantâneo, pois rapidamente fica pronto. Mas não dá para fazer feijoada com miojo, então Rails não serve para tudo.

Os slides da apresentação você pode visualizar aqui.

Glenn Vanderburg: Tarantula - Rails Fuzz Testing

Glenn Vanderburg apresentou o Tarantula, um plugin Rails para realizar testes fuzz de maneira fácil e repetitível para aplicações Rails.

O vídeo da apresentação você pode assistir aqui.

José Valim: Geradores de código com Thor e Rails 3.0

José Valim explicou como o Thor uniu os geradores de código, tarefas e templates do Rails, substituindo o Rake, Sake e Rubigen.

Os slides da apresentação você pode visualizar aqui.

David Chelimsky: RSpec and Cucumber: Beyond the Basics

David Chelimsky, acabou falando praticamente somente de RSpec. Ele destacou que utilizando BDD com RSpec, você mantém o foco no comportamento, cria uma documentação executável, os testes são fáceis de ler e acabam sendo uma otimização de TDD.

Uma frase interessante da palestra foi “Balancing DRY and clarity is an art”.

David Chelimsky é autor do livro The RSpec Book: Behaviour Driven Development with RSpec, Cucumber, and Friends, o qual você pode obter aqui.

Fabio Kung: DSLs Internas e Ruby

Fabio Kung
por Levy Carneiro

Essa apresentação do Fabio Kung infelizmente eu não assisti, mas quem viu disse que gostou muito.

O vídeo da apresentação você pode assistir aqui, os slides da apresentação você pode visualizar aqui e o código-fonte você pode baixar aqui.

Fabio Akita: Agile, além do Caos

Nem me arrisco a falar muito dessa palestra do Fabio Akita. Ela foi muito boa, mas foi uma grande viagem. Coisas do tipo “Caos não é aleatório, caos não é caótico.” e “Auto-organização emerge de sistemas caóticos naturalmente.” ditaram o rumo da apresentação.

O que achei interessante é que no final das contas, as idéias foram lançadas, mas não houve conclusões. Cada um pensa a respeito do viu e ouviu e se quiser, ou puder, tire suas conclusões. Meu, viagem, assista.

O vídeo da apresentação você pode assistir aqui.

Matt Aimonetti: The Future of Ruby & Rails

Matt Aimonetti mostrou o que vem por aí na versão 3.0 do Rails com a junção do Merb. Também falou a respeito das novidades do Ruby, JRuby, IronRuby e MacRuby.

O vídeo da apresentação você pode assistir aqui.

Desconferência

A desconferência é um espaço para os participantes do evento fazerem suas próprias apresentações e palestras em um curto espaço de tempo.

O destaque foi para o Aldo Filho, um garoto de 11 anos, que fez uma apresentação da sua trajetória em dois meses para aprender a programar (desde o Oxente Rails) e depois, ao vivo, criou o tal do blog em 15 minutos.

E imaginar que tem nêgo barbado que não consegue fazer uma apresentação, o garoto teve a coragem de subir no palco e programar na frente de mais de 100 expectadores.

O vídeo da apresentação você pode assistir aqui.


Eventos, Ruby , , , ,